conjunto de fotos da banda para festa de casamento

Tudo sobre músicas para festa de casamento

Semana passada falamos sobre músicas para cerimônia com a ajuda das dicas da Lorenza Pozza, lembra? Hoje, vamos continuar com o tema musical, mas focando nas músicas para festa de casamento. 

Para entendermos mais sobre o assunto, o Vestida para casar conversou com a Carretel Produções, especializados em músicas para casamentos. Vamos conferir as dicas? 

Dando o primeiro passo

Para a festa, o fator principal a ser definido é se o casal prefere música ao vivo com banda ou apenas DJ. Muitas vezes optar apenas pelo DJ é uma boa saída para que não vai investir tanto. 

“Na nossa visão, se a festa tem banda, é necessário um DJ para alternar com a banda e criar momentos de dinâmica diferentes na festa”

Carretel produções

Mesmo que uma banda tenha um repertório variado e cantores diferentes, chega um momento que o público pode cansar um pouco do “ao vivo”. Alternando com o DJ, você evita isso e consegue uma dinâmica mais interessante. Além disso, o DJ é importante para sonorização dos momentos iniciais ou de intervalo da banda.

Não existe uma formação padrão de banda, mas, geralmente, são composta de bateria, baixo, guitarra/violão, teclado e pelo menos uma voz feminina e uma masculina. Para ter uma banda completa são necessários de 5 a 6 integrantes.

Durante a apresentação da banda, que pode durar de 2 a 4 horas, são tocadas em média 60 músicas. Mas não se preocupe, o casal não precisa escolher música por música! Ufa… O que você precisa fazer é passar para a banda algumas músicas que não podem faltar. E também, tipos de músicas e estilos que o casal não gostaria que tocasse. Depois, é só deixar na mão da banda, que são os profissionais que têm a experiência para escolher o melhor repertório para a festa bombar.

https://www.instagram.com/p/B8gzmqNHDBW/
Apresentação de banda da Carretel Produções em festa de casamento
Foto: Instagram @carretelproducoes

O repertório está selecionado. Agora, é hora dos músicos decidirem a ordem em que cada música será tocada. Sabia que existe uma “lógica” por trás?

Existem dois detalhes gerais importantes!

1°- Trabalha-se para que o repertório tenha um “crescendo” e que o “boom” (o momento mais animado) seja na abertura da pista de dança (que normalmente acontece no final do jantar).

2°- Atenção com a faixa etária! O ideal é que o repertório agrade a maioria dos convidados, assim, no início, são tocadas músicas para agradar também os familiares mais velhos. As músicas do público mais jovem são deixadas do meio para o final da festa. 

Mas é claro que acima de todas essas estratégias está o desejo dos noivos. Existem casais que preferem que a festa “bombe” apenas após o jantar. Enquanto outros querem festa com música muito animada desde o início.

Espero que tenham gostado das dicas sobre músicas para festa de casamento.

Até a próxima!


Gostou? Então confira o post anterior sobre músicas para cerimônia de casamento.

Conheça mais do trabalho da Carretel Produções:

Anteriores

Tudo sobre músicas para cerimônia

Próximo

Desmistificando o dress code de casamento

  1. Patrícia

    Muito bom!!! Banda legal!!!
    Música boa = pista cheia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén