Maio mês das noivas

Maio: o mês das noivas?

Maio é conhecido como “o mês das noivas”. Mas por quê?

Essa tradição tem origem no Hemisfério Norte, onde a população dependia do clima para fazer ou não determinadas atividades.

Em maio, na primavera do Hemisfério Norte, as flores tornam-se mais abundantes, as temperaturas se elevam e as chuvas diminuem.

Dessa forma, maio se tornou um mês  favorável para a realização de casamentos. Os noivos e convidados podiam se banhar, pois o clima era mais quente, e se perfumar com as flores. Também era possível usar as flores para montar os buquês de noivas e decorar o local. E com menos chuvas, os casamentos ocorriam ao ar livre, sem receio de um temporal estragar o evento.  

Além disso, no cristianismo, maio é o mês de consagração à Virgem Maria, simbolizando pureza, fé e família. Todas essas características são relacionadas ao matrimônio cristão. Assim, os casais desejavam casar-se nesse mês de forte significado religioso.

Menos chuvas, flores, pessoas limpas e perfumadas e um momento religioso especial. Existe situação mais propícia para a realização de casamentos? Esta é a resposta para a pergunta “Por que maio é conhecido como “o mês das noivas?”.

Essa tradição se mantém na atualidade?

No passado, isso era seguido à risca, pois não havia outra maneira. Mas com o passar do tempo, recursos, como a possibilidade de tomar banhos quentes o ano todo, infraestrutura em locais de casamento e realização de casamentos menos tradicionais e religiosos permitiram que os casamentos se distribuíssem ao longo do ano, deixando de se concentrarem apenas no mês de maio.

Assim, apesar da fama de “mês das noivas”, atualmente, maio não é o mês com o maior número de casamentos no ano. Veja, no infográfico abaixo, a quantidade de casamentos ocorridos em cada mês do ano de 2017 no Brasil.

Infográfico apresentando o número de casamentos ocorridos por mês no Brasil em 2017. Fonte: IBGE (Estatística do Registro Civil 2017). Infográfico/créditos: Bárbara Souza.

Alguns meses ganham destaque. Fevereiro conta com o menor número de casamentos, contrastando com dezembro, no qual acontece a maioria dos casamentos do ano. Em setembro, ocorre um aumento significativo de casamentos em relação aos meses anteriores. De modo que o segundo semestre do ano é mais recheado de casamentos que o primeiro semestre.

E, é claro, maio! Ainda que não seja o mês com a maior quantidade de casórios, maio é o mês, do primeiro semestre, em que mais acontecem casamentos.

Essa tradição de maio como o mês das noivas é cheia de história por trás! Uma história, no mínimo, curiosa!

Até a próxima!

Quer saber mais sobre curiosidades e histórias de tradições de casamento? Veja o post sobre a fama do vestido de noiva branco.

Anteriores

Fotografia de casamento: eternizando momentos

Próximo

Casamento grego: como funciona?

  1. Maria Carolina

    estou aprendendo muito com o blog!!!

    • Beatriz Calais

      Mentiraaaa que é por isso!! Faz todo sentido, casar cheirosinho é essencial né hahaha ❤️

  2. Patrícia Capassi

    Que legal!!!
    Mais curiosidades sobre tradições que vão se replicando e, na maioria das vezes, nem nos perguntamos o por quê…
    Parabéns pela escolha dos temas!!!

  3. Lucia Souza

    Adorei a matéria, muito interessante e elaborada de forma clara, nos prendendo na leitura. Parabéns.

  4. Tania R Capassi

    Muito interessante a historia da tradição dos casamentos em maio. Não sabia, gostei muito.

  5. Muito legal!! Não sabia que maio era conhecido como o mês das noivas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén